É ali...

Vem por aqui. Não tenhas medo, desfruta desta bela paisagem. Olha como o sol nos faz companhia e aquece estes dias doces de Verão.
Dá-me a tua mão, quero-te junto a mim e que me dês segurança. Devagar, muito lentamente vamos caminhando por esta estrada que desconhecíamos. Pedras, pedrinhas, flores e mais cores, como é lindo tudo isto.
Não te contei, mas quis que viesses comigo para te levar aquele sonho que uma vez sonhamos juntos. Onde o nada é sinónimo de tudo. A relva é macia e caminhamos livremente sobre ela, o arco-íris é pano de fundo que contrasta com o azul do céu. Como gostava de começar aqui a nossa história…

Vens comigo?

8 comentários:

Su'e disse...

tão querido (: imaginei assim uma voz muito doce a dizer "vens comigo ?" .

(MJ é para sempre, e a música inigualável)

vou seguir-te *

Patrícia disse...

gostei mesmo (:

Patrícia disse...

é isso mesmo que disses-te .. (:*

João disse...

" O nada é sinonimo de tudo.." Brilhante! Um beijo solto *

M. disse...

é mesmo. Nunca haverá ninguém como ele «3

Gostei do texto *.*
Beijinhos

Stéph disse...

Escreves tãao bem +.+
- os teus textos têm magia, vou continuar a seguir :D*
Obrigada, pelo teu comentário querida :b

Beijinhos +.+

Rita :D disse...

Gostei (:

Lilly disse...

Está maravilhoso.
- Cada palavra que escreves, cada palavra que soltas mostra esperança!

Beijinhos :'$

Note.

[Imagens recolhidas do Google e do DevianArt]

Friend(s)